Mobile Commerce: O Que É e Qual a Importância em 2021

O investimento da sua empresa no comércio móvel já começou?

O que quero dizer não é apenas criar um aplicativo para aumentar sua imagem digital sem ter que fazer planos estratégicos para isso.

Estou falando sobre otimizar seu conteúdo para essas plataformas e promover soluções customizadas para os clientes que você encontra porque eles são únicos.

Algumas pessoas podem até pensar que no contexto da pandemia, o chamado comércio móvel ganhou maior impulso, o que é correto.

Mas sua importância não é específica. Esta situação está consolidada há vários anos e não mudará no futuro.

O mobile commerce continuará existindo, e é sua responsabilidade absorver a nova realidade para não aproveitar a concorrência.

Neste artigo, vou apresentar alguns conceitos e estatísticas que comprovam a importância de se fazer isso da melhor maneira.

O que é m-commerce?

O comércio móvel (ou apenas comércio móvel) é um negócio digital caracterizado pela venda de produtos e serviços por meio de dispositivos móveis.

Essas transações podem ser realizadas por meio de aplicativos próprios (local, híbrido ou web) ou pelo site da empresa, desde que sejam realizadas em tablets e smartphones.

Mobile Commerce

Este departamento deu o primeiro passo com a venda de jogos e toques para celulares desde o início deste século.

Porém, hoje, o leque de opções aumentou muito, e a empresa se consolidou como uma das empresas mais rentáveis ​​do mundo.

Qual o tamanho do mobile commerce atualmente?

O comércio móvel (ou apenas comércio móvel) é um negócio digital caracterizado pela venda de produtos e serviços por meio de dispositivos móveis.

Essas transações podem ser realizadas por meio de aplicativos próprios (local, híbrido ou web) ou pelo site da empresa, desde que sejam realizadas em tablets e smartphones.

Este departamento deu o primeiro passo com a venda de jogos e toques para celulares desde o início deste século.

No entanto, hoje, o leque de opções aumentou muito e o negócio se consolidou em um dos negócios mais lucrativos do mundo.

Se a receita do comércio móvel do Brasil em 2019 for de cerca de 5,2 bilhões de dólares americanos, as previsões para 2020 indicam que esse número deve aumentar em 10 vezes.

Para cerca de 52,6 bilhões de dólares americanos. O aumento nos downloads de aplicativos pode explicar esse crescimento.

A propósito, nos primeiros cinco meses de 2020, 68% do total de aplicativos do ano anterior foram baixados.

Em maio (geralmente o mês com maior volume de instalação), a taxa de crescimento de um período para o outro foi de 169%. Obviamente, Covid-19 também afetou esses índices.

No Brasil, 72% da população fez compras por meio de aplicativos durante a pandemia, e 42% deles disseram ter feito mais de uma dezena de compras no período.

Portanto, não há outra maneira de responder a essa pergunta além da escala do comércio móvel e do número de oportunidades.

Qual a importância de investir em uma plataforma de mobile commerce?

Não é difícil entender por que os consumidores investem em compras feitas por meio de plataformas de comércio móvel.

Integração, conveniência, preços acessíveis, soluções customizadas e algumas pistas para entrar em outros mercados podem ajudar a explicar essa migração para o mercado digital.

Integração

A comunicação omni-channel é uma das razões pelas quais as pessoas valorizam cada vez mais o comércio móvel.

Afinal, se eles podem acessar todo o conteúdo de que precisam em um só lugar, por que recorrer a outros tipos de plataformas (como lojas físicas)?

Conveniência

Tudo isso pode ser feito a qualquer hora e em qualquer lugar com apenas alguns cliques.

Os usuários não precisam se preocupar com horários de trabalho, muito menos com longas filas para proteger seus produtos.

Isso sem falar de todo o suporte do mobile commerce, como transporte, cupons de desconto e políticas de cash back.

Preço acessível

Basta fazer uma busca rápida na internet e comparar os preços dos produtos em lojas físicas e lojas online.

Essa comparação é até injusta. Devido aos custos de estoque, custos reais de infraestrutura, salários de funcionários e muitos outros fatores, o valor operacional final do primeiro é muito mais alto.

No entanto, os consumidores não têm nada a ver com isso e, finalmente, escolhem um local mais acessível.

Soluções personalizadas

A maioria dos aplicativos permite a criação de arquivos de configuração, definições de filtro e categorias claramente definidas.

Esses elementos facilitam para os usuários encontrarem o que desejam. Sem contar que, por meio dessas customizações, ele só pode receber promoções e anúncios que realmente lhe interessem.

Acesso a outros mercados

Os smartphones são a principal ferramenta para democratizar a aquisição global de produtos.

Você sabia que 62% dos brasileiros usam dispositivos móveis para compras internacionais?

Outro fato estranho é que quanto menor a renda do usuário e o acesso aos serviços bancários, maior a taxa de utilização do telefone celular. O índice atingiu 76,5% da preferência da plataforma.

O que o consumidor vê no m-commerce?

O comércio móvel surge como um produto alternativo ao consumidor abrangente, prático, barato, personalizado e democrático.

Isso é uma mistura de tudo o que listei acima. Um fato provou ser poderoso e se intensificou com a pandemia.

Portanto, além dos fatores já mencionados, também acrescentei a segurança como um elemento chave no aumento do uso de dispositivos móveis.

Quando muitas empresas vão à falência, continuam falindo ou mudam a lógica operacional, os usuários aproveitarão as oportunidades reais que já existem e desfrutarão de sua conveniência.

Embora algumas lojas físicas tenham retomado as operações dentro de uma certa faixa normal, muitas lojas físicas ainda relutam em assumir riscos e fortalecer o comércio móvel.

Os números mostram isso: 40% dos consumidores pretendem continuar comprando online após a pandemia e, depois que a situação for mais controlada, outros 34% dos consumidores reduzirão suas idas às lojas físicas.

O que avaliar em uma plataforma mobile de e-commerce?

Como mencionei no início deste artigo, o desenvolvimento de uma plataforma de e-commerce móvel requer planejamento. Para concluir este esporte com sucesso, é necessário fazê-lo e considerar alguns fatores importantes, como os listados aqui.

Leveza

Se um dos principais benefícios do comércio móvel é a praticidade, então você precisa garantir que forneça aos clientes uma plataforma leve que não demore para carregar e que não haverá erros ao abrir guias ao clicar em links .

Além disso, a experiência do usuário é um fator de classificação muito importante.

Os mecanismos de pesquisa não fornecerão uma pausa quando essas páginas tiverem problemas de resposta e carregamento de conteúdo.

Personalização e recursos disponíveis

Se um dos principais benefícios do comércio móvel é a praticidade, então você precisa garantir que forneça aos clientes uma plataforma leve que não demore para carregar e que não haverá erros ao abrir guias ao clicar em links .

Além disso, a experiência do usuário é um fator de classificação muito importante.

Os mecanismos de pesquisa não fornecerão uma pausa quando essas páginas tiverem problemas de resposta e carregamento de conteúdo.

Integração com outros sistemas

Assim como sua plataforma de comércio móvel, é quase impossível operar tudo sozinho sem integração com outros sistemas.

Seja para soluções de automação de trabalho, como gestão de relacionamento com o cliente (CRM) e planejamento de recursos empresariais (ERP) e melhorias de produtividade, ou para gateways de pagamento como PagSeguro e PayPal, essas parcerias são fundamentais.

Afinal, proporcionarão maior competitividade, eficiência e economia nos mais diversos processos.

Requisitos de segurança

Se comprar no mobile commerce é mais seguro em termos de saúde, você também deve garantir essa proteção em termos de finanças e informações.

Dados bancários e de pagamento (cartão de crédito) e informações pessoais precisam ser protegidos.

Caso contrário, seu site ou aplicativo ficará mais vulnerável a ameaças virtuais.

Para se proteger, você deve seguir os parâmetros definidos pelo padrão de segurança de dados da indústria de cartões de pagamento (PCI DSS) e garantir que você obtenha um certificado Secure Sockets Layer (SSL).

5 dicas para se dar bem no m-commerce

Para quem ainda não ousa se aventurar no mundo do comércio móvel, listei cinco dicas importantes. Eles o ajudarão a seguir esse modelo de negócios. Confira!

1. Conte com métodos de pagamento descomplicados

A PYMNTS mostra que empresas com funções complexas de checkout móvel perderam aproximadamente US $ 236 bilhões em vendas potenciais.

Em outras palavras, nada pode fornecer um método de pagamento burocrático que requeira muitas ações para concluir a compra.

Apenas alguns cliques. Lembre-se: os clientes de comércio móvel procuram conveniência.

2. Utilize a geolocalização

Este é um recurso muito útil, mas nem todos os aplicativos e sites o utilizam.

Ao habilitar esse recurso, você pode fornecer soluções personalizadas para aquela área específica, proporcionando uma melhor experiência do usuário.

Não apenas a localização em si deve ser considerada, mas também se o cliente está em movimento ou parado.

Por exemplo, se ele estiver em casa, terá mais oportunidades de navegar em vários produtos. Em movimento, uma solução específica será pesquisada.

3. Venda também pelas redes sociais

As redes sociais ocupam o segundo lugar na maior influência do comportamento de compra.

Portanto, eles podem se tornar seus importantes aliados de vendas. Mesmo que você não possa controlar a disponibilidade, você ainda pode atrair pessoas que estão interessadas em seu produto.

O Facebook e o Instagram são ótimos canais para criar links para o seu site ou para checkout direto, porque eles já fornecem a capacidade de criar diretórios online.

4. Invista em campanhas patrocinadas

Quando se trata de redes sociais hoje, quase todas as redes sociais oferecem a possibilidade de criação de eventos patrocinados.

Eles podem ser usados ​​como uma ferramenta para promover sua loja online e podem servir como um poderoso aliado na conquista e retenção de clientes.

Uma das vantagens de apostar em anúncios patrocinados é a capacidade de atingir públicos-alvo. Com filtros, você pode direcionar ações para clientes que estão realmente interessados ​​em sua oferta.

5. Tenha ótimas ferramentas ao seu lado

Planejar, desenvolver, operar e monitorar plataformas de comércio móvel são tarefas que exigem trabalho.

A boa notícia é que você não faz (e não deve) fazer tudo sozinho. Várias ferramentas, softwares e instrumentos podem fornecer o suporte necessário para que sua solução digital atenda a sua finalidade.

Entre essas funções, vou me concentrar no Mobify. Com ele, é possível transformar lojas virtuais existentes em mobile commerce. A integração é feita de forma simples sem comprometer o que já está preparado.

Além disso, a ferramenta também possui uma série de outras funções para ajudá-lo a gerenciar suas soluções digitais.

Outro conceito importante é a nuvem móvel.

Este tipo de software pode ser usado para testar a compatibilidade do seu site com aplicativos móveis e monitorar seu desempenho durante a migração.

Aplicativos mais usados pelo mobile

Certos aplicativos podem ser usados ​​como inspiração para sua plataforma de comércio móvel, mesmo que venham de diferentes segmentos de mercado. Separo as histórias de sucesso para orientá-lo no desenvolvimento de soluções digitais.

Uber e 99

O departamento de transporte urbano de passageiros é principalmente o comércio móvel.

Só o Uber tem mais de 100 milhões de usuários em todo o mundo.

No Brasil, são 22 milhões (o número está bem próximo a 99, sendo 18 milhões – tornando-se a primeira empresa nacional de unicórnios). O motivo de tanto sucesso? Agarre a oportunidade.

Ao longo dos anos, a Terra tem exigido a prestação de serviços de viagens de alta qualidade a preços mais acessíveis.

Os táxis, por algum tempo, costumam deixar de cumprir essa função. Essas empresas usaram essa vantagem para desenvolver plataformas que excedem em muito seu propósito original.

Hoje oferecem opções de customização (carros para diferentes perfis e finalidades), serviços adicionais (entrega) e muito mais. Todos eles são baseados na tecnologia de geolocalização em tempo real.

Uber Eats e iFood

Não há dúvida de que o setor de abastecimento de alimentos é o setor de crescimento mais rápido durante a pandemia. Somente no primeiro semestre de 2020, aplicativos como Uber Eats e iFood cresceram 103%.

Mas quem acredita que a chegada da Covid-19 é a principal responsável por esse crescimento está errado.

Essas empresas de mobile commerce mais uma vez aproveitaram a lacuna para se destacar no mercado.

Nesse caso, oportunidade é uma rotina agitada, que exige que as pessoas dediquem tempo ao preparo de suas próprias refeições.

Aprenda como a praticidade pode ganhar vantagens, mas o mais importante, soluções personalizadas se destacam.

Em qualquer um desses aplicativos de entrega, você pode filtrar restaurantes, comida, preços, etc. antes de desfrutar de comida em casa ou no trabalho.

Airbnb

13 anos atrás, o Airbnb deu à luz a oportunidade de obter dinheiro extra e papelada para reservar quartos de hotel. Hoje, o mercado de hospedagem se tornou um dos aplicativos mais baixados do mundo.

Seu número é impressionante, por exemplo, existem mais de 6 milhões de anúncios em mais de 100.000 cidades diferentes e mais de 1 bilhão de visitantes são atendidos.

As tendências do mercado mudam constantemente, mas tendências como o comércio móvel nunca terminam.

close up of male hands nightlight smartphone

Tudo mostra que esse modelo de negócio continuará existindo e mais forte do que nunca.

O que você precisa se perguntar é se deseja aproveitar esta oportunidade e embarcar no caminho do sucesso ou adiar e ter que correr atrás da concorrência.

Espero que você possa usar essas técnicas para otimizar seu site de e-commerce e deixar seus usuários móveis felizes, gerando mais vendas a partir de dispositivos móveis.

Para aprender mais sobre e-commerce faça uma consultoria com a b20.

Gostou desse post ?

Compartilhar no facebook
Share on Facebook
Compartilhar no twitter
Share on Twitter
Compartilhar no linkedin
Share on Linkdin
Compartilhar no pinterest
Share on Pinterest

Deixe um comentário