15 Erros de SEO que podem ser evitados

Você decide usar o SEO como sua principal estratégia de tráfego e otimizar tudo para que Google, Bing e Yahoo forneçam milhares de visitantes todos os dias organicamente.

Em seguida, você conduz uma pesquisa de palavras-chave e encontra algumas frases que geram muito tráfego.

Mas você fica confuso, sobre qual palavra usar, que linha de raciocínio seguir, o que deve ou não dar certo. E acaba cometendo erros que vão te levar a ruína.

Os erros de SEO são a causa do fracasso de muitas estratégias online, desde a geração de conteúdo de baixa qualidade até aspectos mais técnicos, como a velocidade de carregamento da página.

erros de seo

Confira a lista de principais erros cometidos e saiba se você já cometeu algum deles.

Baixa qualidade nos conteúdos – Erros de SEO

Existem alguns critérios para classificar um conteúdo como de baixa qualidade, por exemplo:

  • Conteúdo duplicado: A mesma ideia que se repete por várias matérias em seu site;
  • Conteúdo não original: o famoso copiar e colar de outros blogs;
  • Falta de informação relevante: aquele tipo de matéria que enche linguiça e só fala mais do mesmo sem acrescentar nada de novo ao usuário.

Esse é o tipo de coisa que deve ser garantido que não vai aparecer em seu site. Sempre priorize as matéria que vão acrescentar algo de relevante ao site e para quem esta acompanhando seus posts. Tenha de fato a intenção de educar e informar o público sobre a temática.

Deixar de lado o planejamento de palavras-chave

Para qual palavra-crave voce quer que seu site apareça bem posicionado nas buscas do google? se não sabe como responder é porque ainda não sabe usar as palavras chave.

Uma boa otimização requer entender os termos que seus clientes utilizam para pesquisar sobre assuntos relacionados àquilo que a sua empresa tem para oferecer.

Para encontrar a palavra-chave certa, existem ferramentas de planejamento que podem ajudar no assunto.

Repetir palavras-chave em excesso

O problema não esta apenas na falta de palavra chave, mas seu excesso tambem pode causar mal estar.

A prática conhecida como Keyword Stuffing é totalmente reprovada e pode ser considerada como spam. Além de ser uma tentativa falha de manipular a avaliação dos mecanismos de busca, o conteúdo se torna repetitivo.

O correto seria ter em seus materiais uma linguagem neutra e fluida, dando preferencia ao sinônimos, analogias, repetições de termos.

Subestimar a meta-description

A meta-description é aquela mini descrição do texto que aparece em baixo do título da página na lista de resultados de busca. Este não é um fator de ranqueamento para o Google, mas tem um papel fundamental: influenciar os usuários a clicarem no link e irem para a sua pagina.

Nos resultados de busca do Google, quando sua meta descrição possui uma palavra que o usuário digitou na pesquisa, a expressão fica marcada em negrito.

Isso chama atenção e afeta positivamente o número de visitas que vai receber.

É importante certificar que as paginas tenham as meta descrições configuradas com informações que consigam passar para o leitor o que vão encontrar no seu texto. E claro ele deve conter as palavras-chave. Assim o leitor saberá com mais facilidade se o seu site tem o que precisam.

Evite o copiar e colar

A forma mais rápida de derrubar uma pagina é o roubo de conteúdo, copiar de cima a baixo o conteúdo de outro pode te levar da primeira posição ao esquecimento eterno.

Tudo bem que a internet não é um poço de originalidade, mas existe uma linha tenue entre se basear em uma ideia de sucesso e copiar o conteúdo de outro para tentar lucrar mais com isso.

Não usar heading tags

Os h1,h2,h3,h4,h,5 e h6 devem ser usados como intertitulos nos seus textos. Eles servem para melhorar a estrutura do texto, e contribuem para que exista um panorama melhor da hierarquia de informações.

Lembre-se de que esse deve usar apenas 1 hi, porque este é o título dominante.

 Desprezar a lincagem interna

Incluir no texto links do seu site que voa direcionar o leitor para outra pagina é numa pratica vital de seo. Deixar de fazer isso é perder oportunidades.

Enquanto os usuários visitam um site, é natural que naveguem pelos links se estiverem gostando do conteúdo. assim é interessante posicionar os links que apontam para outra coisa que você acredita que merece visibilidade.

Mas sem exageros, excesso de links internos podem ser encarados como web spam.

Usar termos genéricos para links internos

Um detalhe no momento de criar esses elos entre as páginas que deve ser considerado é a utilização do texto ancora. Termos como, “clique aqui”, “leia mais”, “confira neste link”, não passa significado para o visitante.

O mais aconselhável é linkar em palavras que tem alguma ligação com a ideia da página para qual o link vai levar.

Desconsiderar a experiência mobile

O SEO tambem se refere ao desempenho de um site quando os usuários fazem visitas. É super importante que o tempo para carregamento seja pequeno. E que exista formas fáceis de navegar.

Paginas que não são compatíveis com dispositivos moveis, estão sujeitas a ter um péssimo desempenho., o usuário que ter uma boa experiência de leitura independente da forma que vai usar para acessar a página.

Ter um site lento demais

O tempo que o site leva para carregar afeta o posicionamento. Um site que demora muito a abrir só gera frustração e pode ser o motivo de um usuário abandonar a página.

Podia ser um cliente disposto a recomendar seus produtos e serviços para outros, mas devido à demora no carregamento ficou desconfiado e decidiu não retornar.

Ignorar as pesquisas por voz

Busca por texto ainda é a principal modalidade, mas o volume de busca por voz tem crescido e não pode ser ignorado.

Vale lembrar que mesmo estando nos primeiros lugares nas buscas em texto, não quer dizer que o mesmo aconteça na busca por voz.

A consulta por voz costuma acontecer por meio de perguntas, por isso é bom incluir faqs em seu conteúdo.

 Desmerecer o Search Console

O Search Console é uma ferramenta que fornece informações valiosas sobre a situação do seu site perante as buscas do Google.

Configure e consulte sempre para saber das seguintes informações:

  • Erros de acesso;
  • palavra-chave mais usada;
  • Posicionamento da página para as palavras-chave;
  • A porcentagem de usuários que clicam na sua pagina quando ela é listada nos resultados de busca.

Negligenciar o uso de imagens

As imagens tem uma importante função.

Elas deixam o conteúdo mais rico, favorecendo a boa experiência e ajudando a entender melhor determinado tópico. Além de poder trazer mais visitas para o site por meio da busca por imagem.

Sempre coloque imagens e não esquece do alt text para ajudar os mecanismos de busca.

Menosprezar o SEO local

Uma ação de otimização que pode passar despercebida é o SEO local.

Caso tenha um negócio local, uma excelente prática é criar uma ficha para a empresa no Google meu negócio.

cadastro no seo local é perfeito para qualquer negocio

Assim as chances de sua marca parecer aumentam e isso vai tornar seu negocio mais lucrativo.

Acreditar que as redes sociais não influenciam no posicionamento

Ainda não existe provas que o Google use sinais das redes sociais como fator de ranqueamento. Mas o fato é que conteudo muito bons divulgados nas redes podem cehgar mais rapido nas pessoas.

Com a empresa exposta, a quanitade de pesquisa ano Google vai aumentar o que vai fazer a marca crescer.

Evitando esses erros sua marca vai chegar ao topo, e se precisar de mais informações marque uma consultoria com a b20.

Gostou desse post ?

Compartilhar no facebook
Share on Facebook
Compartilhar no twitter
Share on Twitter
Compartilhar no linkedin
Share on Linkdin
Compartilhar no pinterest
Share on Pinterest

Deixe um comentário